Iphone vs Iphone

Bom dia galera, depois de muito tempo volto ao blog para comentar e opinar diversas notícias do mundo publicitário.

Antes de mais nada, feliz ano novo a todos os leitores e estaremos com mais força e fôlego em 2013 aqui no P&O.

Hoje trago um assunto que causou certa polêmica no mercado de Smartphones, a Gradiente lançou o seu Iphone no Brasil.

Bem, mas como isso é possível? Iphone não é da Apple?

Pois é, nós do P&O apuramos que o rebuliço foi grande, exatamente o que planejava a Gradiente, sinônimo de qualidade na categoria de televisores e eletrodomésticos há anos atrás no Brasil, e agora queria marcar 2012 com um boom neste mercado tão concorrido.

Tá, Lauro, agora explica essa parada aí…

Na verdade, sem o vídeo da Gradiente postado no fim do ano eu também ficaria sem saber explicar, e como todos achei bem estranho lançarem um produto com o pedigree de uma marca tão bem sucedida e isso não gerar conflitos.

O que diz a Gradiente é que no ano 2000, havia a intenção de lançar celulares com acesso a internet e a equipe de marketing resolveu registrar como Iphone, com a ressalva de que a autorização para o registro demorou 8 anos (2008). Só que a Gradiente, até agora, não fazia uso desse seu registro, implicando o “Inpi” a chamar atenção dela sobre o prazo de 5 anos para marcas que não foram usadas sob o risco de perderem sua exclusividade. Foi aí então, a 14 dias de expirar a exclusividade, que a Gradiente resolveu entrar no mercado.

Fez questão, também, apesar do atraso, de deixar bem claro que não quis atingir a Apple com um case explicativo. Assistam a seguir.

Galera, fiquem atentos que o meu próximo post falará também do Iphone, mas dessa vez o da Apple.

Espero que 2013 eu tenha mais tempo para podermos compartilhar nossas opiniões e criar um espaço de interatividade de alto nível por aqui.

Por enquanto é isso, agora voltarei ao trabalho, rsrs.

Feliz Ano Novo! Prosperidade, paz e amor!

Social Media Week 2012 | Metro Photo Challenge

Social Media Week foi em setembro, mas é sempre bom informar que quem perdeu ainda pode assistir às belas palestras vistas por lá!!!

A Vivo patrocinou o evento e disponibilizou, em seu canal do youtube, vídeos das palestras gravadas. Infelizmente, sem a maioria de likes esperada ela está retirando alguns vídeos. Eu me inscrevi na Semana, mas não pude ir, por culpa da faculdade ser no período noturno, em diversas palestras. Os assuntos são muito bons da grande maioria delas, portanto não hesitem em assistir.

É uma oportunidade única, para quem não foi e achei super interessante disponibilizar aqui.
Canal Vivo – http://www.youtube.com/user/Vivo (ir em Procurar Vídeos ~> Listas de Reprodução ~> #SMWSP)
 

Metro Photo Challenge

Em parceria com a Nikon, o jornal gratuito Metro, do grupo Metro International, criou uma competição das melhores fotografias do mundo com:

4 categorias globais – O Melhor do meu País, Favorito, Noite, e Tentações;

1 categoria tupiniquim: Eu Sou as cores do Brasil – Nikon.

A etapa brasileira do Metro Photo Challenge ocorrerá entre 1º de outubro e 30 de novembro de 2012 e apenas fotografias digitais serão consideradas. Devem ser enviadas até o dia 11/11, sendo que apenas 20 serão finalistas. 15 escolhidas por um júri, e outras 5 através de likes e views no site da competição.

Os pontos a serem avaliados são os seguintes: Adequação com a categoria selecionada, Criatividade, Qualidade Técnica, e Impressão geral.

Para quem tiver o interesse é importante entrar no site http://metrophotochallenge.com/info/ para informações completas.

Cinema 4D | Case NIVEA

Fala galera!!
Ando com pouco tempo para postar mas quando acho algo muito legal eu guardo pra postar aqui.
E é o caso do programa que assisti essa semana, o “Reclame” do Multishow, aconselho a todos que curtem Publicidade!

Falarei de uma estratégia da Nivea que ultrapassou as limitações dos padrões publicitários offline e online, de comercial televisivo e afins (com exceção de revistas que passam cheiro, porém menos intenso), demonstrando a sensação do consumidor usando o produto ao ver o filme publicitário.
E pra fazer isso: somente nos cinemas 4D, onde há diversos recursos visuais (3D), odoríficos (aromáticos), e sensitivos (bolhas caindo nas pessoas), uma sacada da Agência Click Isobar.

Muito interessante que cada pessoa teria óculos 3D de duas cores diferentes (verde e vermelha), as quais levam a uma visão e sensação diferente do filme publicitário, que era um vídeo cromático, onde a vermelha traria um lado romântico e a verde a sensação refrescante!
Outro ponto interessante é o comentário de quem participou da primeira ação da história em um cinema 4D.

Acho que não preciso falar muito mais, vejam o vídeo explicativo da galera do Programa Reclame!

Aproveita e comenta galera!! Valeu!

Programa RECLAME: http://www.programareclame.com.br/
AgênciaClick Isobar: http://www.agenciaclickisobar.com.br/

ASOS Black x PUMA: Way of Art or Vandalism?

Na favela Morro do Sabão, em São Paulo, as pichações são extremamente presentes por todos os lugares, significando além de uma forma de expressão, a verdadeira arte. Muitas pessoas não acreditam nisso, declaram ser vandalismo.
Pois bem, pra começo de conversa não devemos confundir graffiti com pichação, normalmente pichações se referem a  palavras rabiscadas e desenhos sem cores e sem fruição estética, já o grafite faz referência a um desenho cheio de cores e que passam alguma mensagem.
A pichação é crime no nosso país, com pena de até 3 anos, e por isso, é vista com preconceito. Realmente, ela não só é muito presente dentro das favelas como no topo de casas e edifícios (abandonados ou não), é um estilo de vida para muitas pessoas e também, às vezes, marcação de territórios das gangues.

Mas então, o que a PUMA tem a ver com isso? Ela criou um vídeo, chamado “Os Pixadores”, com o intuito de apresentar alguns pichadores, o porquê de correr risco vivendo desta maneira, e o que eles querem passar pra sociedade. Assisti ao vídeo sem pretensão nenhuma de mostrá-lo aqui no blog, mas fiquei impressionado com a divergência de opinião pela net, e como isso torna o vídeo popular.

Muitos comentam que foi uma grande bola fora da PUMA, que eles são vândalos e se escondem por trás da falsa impressão de cultura que o vídeo passa. Outra coisa que eu percebi no vídeo foi o barulho de viaturas da polícia tocando ao fundo, eu realmente achei estranho.
Outros defendem a expressão, como artistas que transmitem a voz do povo, criam uma nova linguagem e fazem as pessoas acordarem e questionarem. Defendem que a PUMA tenta tirar este pré conceito que a sociedade tem da favela.
Bem, eu como sou estudante de comunicação, tento retirar e matutar qual foi a intenção da marca em produzir um vídeo assim. Criar qual tipo de imagem pra marca? Radical? Original? Públicos Diversificados? Cultural? Realmente não sei…. até porque não é do tênis, mas sim da roupa ASOS Black. Resolvi procurar e a descrição da união entre a marca de roupa com a PUMA é uma aliança de moda fashion com esportes urbanos. E que o intuito do filme é a personificação da marca com a mistura cultural  da arte urbana com o design inovador das roupas.

Com a produção da Pulse Films, ASOS Black x PUMA apresenta o vídeo “Os Pixadores”

E você? O que achou deste filme e da intenção das marcas?
Pense e opine! Seu comentário é sempre importante, obrigado!

The Creators Project – Intel & Emicida

E aí galera, muito obrigado por mais uma visita! Queria pedir pra aproveitarem, caso tenham gostado do blog, para clicar aqui do lado direito >>> “Faça Parte do Pensativo e Opinante!”, atualmente estamos com 970 followers, o que não é pouco.
Muito obrigado novamente.

Com relação ao post, trago a vocês hoje, um mecanismo interessantíssimo que me foi exposto em um case na 13 ª Semana de Publicidade PUC SP, na palestra do Bruno Tozzini, diretor geral de Criação na DM9DDB, que é o “Processador Humano”.
Bem, como nos foi explicado, o cantor Emicida (intitulado como maior rapper brasileiro da geração atual), foi escolhido para uma grande missão: criar rimas improvisadas de acordo com as palavras que apareciam em seu monitor, vindas de várias pessoas que acompanhavam ao show ao vivo pelo twitter. Só que aonde entra a Intel nisso?! Bem, ela lançou um dispositivo parecido com uma touca de natação, que monitora as ondas cerebrais do indivíduo e gera a imagem do cérebro com repentinos movimentos de acordo com cada onda. Confesso não ser muito fã de Emicida, sou mais Projota, mas que ele manda muito na improvisação eu não posso negar.

Vídeo do case da Intel Brasil 

Improvisação inteira no freestyle

Achei que seria interessante postar aqui, a intenção principal da Intel não é comparar o I5 com o cérebro mas botá-los frente a frente, como em uma competição.
É interessante.
Ainda tem um bom site para vocês visitarem, sendo que dentro dele há um vídeo que conta a história do Emicida e sua relação com o Creators Project.
Aproveitem e compartilhem este case!

Obrigado pela atenção, e caso possam comentem aí, ficarei agradecido.
Gostaria de agradecer também a meu professor Lelo Brito, pela organização de mais uma semana de Publicidade pela Agência PUC, e peço que aproveitem para visitar o blog dele: http://kickmarketing.wordpress.com

Advertising of PSD

Quando vi esse vídeo no VIMEO não acreditei, 
raramente vi um case do Adobe Photoshop pela Internet. 
Talvez por falta de anseio por procurar um ou por esquecimento.

Eu ainda estou impressionado como o rapaz do vídeo consegue ter mais olheiras ao redor do olho após acordar do que eu, achava que era impossível mas esse vídeo me confortou, mais um motivo para eu admirá-lo.

  Honestamente eu concordo com tudo do texto verbal desta publicidade, é simplesmente curto e verdadeiro. O que seria das nossas vidas sem o Photoshop ? Não vou mentir, ja usei pra fazer reparos em algumas fotos mas não pensem que foi para melhorar aparência ou disfarçar defeitos, não, foi para melhorar realmente a fotografia, que muitas vezes foram para uso da publicidade. E eu digo isso pois tive aula de fotografia e sei muito bem como o programa nos livra de muitos problemas e nos dá diversas alternativas de criatividade. Ás vezes um efeito não fica legal, e outro também não, mas os dois juntos podem formar o efeito perfeito, costumizado, e é isso que o profissional de hoje em dia tem de buscar e almejar.

  Aparentemente, não há muito de diferente a se apresentar num case do Photoshop a não ser utilidades do produto em situações típicas, mas eu achei tão moderno e criativo o modo como foi feito, utilizando um vídeo tão interativo, abrangente, e sem devaneios. As fotos da festa, o rapaz acordando, tudo é tão real e próximo de quem vê que facilita a compreensão da mensagem. This video shows so much features with the easiest way to impress: with fun!

Agora, chega de lero lero (não, eu não utilizei gerador de lero lero rsrs) e vamos ao belo vídeo.

Acessem: http://ihavepsd.com.br | http://facebook.com/Photoshop

Aguardo reviews, obrigado a todos!

O Futuro do Microsoft Office

Faço este post especialmente para apresentar a quem ainda não viu, este belo curta sobre o Microsoft Office do futuro. É lindo, genial. 

Tive a oportunidade de vê-lo numa aula de Marketing na PUC. Não quero falar muito, é um vídeo que fala por si só.
Espero que gostem. 
Animal.

ImagemImagem